20/09/2019 - Maior convenção de quadrinhos do litoral paulista, Santos Comic Expo chega à sexta edição em 5 e 6 de outubro com grandes atrações

Maior convenção de histórias em quadrinhos do litoral paulista, que ocorre em 5 e 6 de outubro com entrada gratuita no Centro de Cultura Patrícia Galvão. Anexo fotos de divulgação. As imagens do evento são de Fabio Gomes Ribeiro. Os organizadores estão disponíveis para entrevistas. Entre os destaques da programação estão Marcio Seixas, “a voz” do Batman no Brasil, Cesar Sandoval, criador da Turma do Arrepio e da versão infantil de Os Trapalhões nos quadrinhos; Jefferson Costa e Rafael Calça, autores da Graphic Novel “Jeremias: Pele”, e Fefê Torquato, autora da Graphic Novel “Tina: Respeito”, estas duas últimas publicadas pela Mauricio de Sousa Produções; Nelson Sato, da Sato Company responsável pela produção do live action do Jaspion no Brasil.

Maior convenção de quadrinhos do litoral paulista, Santos Comic Expo chega à sexta edição em 5 e 6 de outubro no Centro de Cultura Patrícia Galvão

Evento gratuito reunirá grandes nomes do segmento e terá diversas atividades, entre exposições, painéis, cosplayers, estandes e área de artistas.

Virou tradição. Anualmente, em pesquisa realizada pela Amazon, Santos figura entre as cidades mais nerds do Brasil. É a quarta colocada. Para chegar ao resultado, a multinacional de vendas online levou em consideração o consumo de produtos ligados a esse universo: quadrinhos, games, filmes, jogos, eventos.

Tem contribuído para esse reconhecimento a Santos Comic Expo, convenção de quadrinhos pioneira no litoral paulista, duas vezes indicada ao Prêmio HQ Mix (o “Oscar” das HQs no Brasil) de melhor evento e que chega à sua sexta edição em 5 e 6 de outubro, maior e melhor, com mais atrações que as edições anteriores e ocupando todo o complexo do Centro de Cultura Patrícia Galvão. No sábado, 5, será das 11h às 20h e, no domingo, 6, de 11h às 19h. A entrada é gratuita.   

Com o objetivo de promover a difusão das histórias em quadrinhos, a cultura geek, o intercâmbio cultural entre artistas da Baixada Santista e nomes de outros estados, o turismo, a formação de público e o acesso à cultura, o projeto espera receber cerca de 10 mil pessoas e mais de 150 profissionais da área nesta edição.   

O evento integra o calendário oficial santista pela Lei Nº 3.275, de 27 de junho de 2016. E, desde seu surgimento, contribui para a divulgação da arte e exposição dos grandes nomes da área que surgiram na região. Atrai adultos e crianças: é um ambiente familiar. Portanto, “a Santos Comic Expo têm como finalidade o enriquecimento cultural através da leitura, a projeção dos artistas locais e a confraternização entre leitores de todas as idades, e profissionais do ramo”, ressalta Renatinho Santos, um dos Guerreiros, grupo de dez amigos que foram unidos pela paixão às histórias em quadrinhos e decidiram proporcionar ao público do litoral, a mesma experiência vivida em convenções de HQs ocorridas nas capitais. .

“Como fã de quadrinhos, a Santos Comic Expo é muito mais que simplesmente um evento gratuito onde se existe a possibilidade de adquirir produtos relacionados com a Cultura Pop por um preço acessível. Na verdade, a Santos Comic Expo é uma oportunidade única de ficar frente a frente com as últimas produções do quadrinho nacional e, principalmente, de encontrar todas as pessoas da Baixada Santista que compartilham esse louco amor pela Cultura Pop. Por isso ninguém pode perder esse evento!”, ressalta Cláudio Roberto Basílio, também membro dos Guerreiros.

“A oportunidade de respirar leitura, aventura, diversidade artística, passando momentos agradáveis. Um momento de encontrar famílias conhecendo arte, artistas e livros e revistas. A experiência de ir a um encontro de amantes da Nona Arte feito de e para amantes da Nona Arte. A convenção de quadrinhos mais aconchegante, humana e acessível que existe no país. Um lugar, ou melhor, um momento único no qual há mais razão em estar do que perambular. Assim é a Santos Comic Expo para mim. O legado de amigos que fornece momentos genuínos de troca e laços entre as gerações de leitores”, celebra o professor Alexandre Fidélis Martuscelli, membro dos Guerreiros.

DESTAQUES DA PROGRAMAÇÃO

A rica e diversificada programação contará com nomes de destaque nacional como Cesar Sandoval, criador da Turma do Arrepio e da versão infantil de Os Trapalhões nos quadrinhos; Jefferson Costa e Rafael Calça, autores da Graphic Novel “Jeremias: Pele”, e Fefê Torquato, autora da Graphic Novel “Tina: Respeito”, estas duas últimas publicadas pela Mauricio de Sousa Produções; Nelson Sato, da Sato Company responsável pela produção do live action do Jaspion no Brasil; e Marcio Seixas, “a voz” do Batman no Brasil.

Economia criativa

Estão confirmadas 28 lojas e um dos maiores Artist’s Alley do Brasil, com cerca de 60 profissionais entre quadrinistas, desenhistas e escritores, destacando Felipe Folgosi, Fabio Coala, Sam Hart, Germana Viana, Jun Sugiyana, Ju Loyola, Guilherme Infante, PriWi, Mario Cau e Marcatti.

Escolas e estúdios de arte como Mundo Mágico, Scrowpture, Robô Guerreiro, Capsule Eletronic Studios, Mosh Escola de Arte, Mangarts Comic Studio e  RC Studio apresentarão seus trabalhos.

Exposições

O público ainda poderá conferir três exposições espalhadas pelo centro cultural: Os Trapalhões em Quadrinhos (MISS), Exposição Jaspion + Jiraiya (Foyer 1º andar) e Exposição Ely Barbosa (Foyer 2º andar).

Cosplayers

Não faltarão personagens espalhados pelo evento, dispostos a tirar fotos com o público. O concurso cosplay acontecerá durante os dois dias de evento e oferecerá premiação em dinheiro para o primeiro, segundo e terceiro lugares. A curadoria será feita por:

Dychan – Aos 25 anos, nasceu e mora na cidade de Santos. Cosplayer há mais de 10 anos, frequentemente jurada em concursos, com experiência de 8 anos de teatro e premiações em competições nacionais. Abriu um Canal no Youtube DyChanTV com reações, histórias, Top 10 e outros. Bacharel em direito pela Unisantos, mas seu hobby principal é cosplay, vídeos, games e fotografia.

Diego Gonçalves – 32 anos, trabalha com Planejamento Financeiro, mas vive de cinema, animes, games e, desde 2015, se dedica à paixão pelo cosplay. Começou como Mad Max, correu muito de Flash, faz missões como o ninja Kakashi Hatake e em breve dominará os mares de Santos.

Alimentação

Quem pretende passar o dia inteiro no evento poderá matar a fome no setor de alimentação com o quiosque da Shake Burger, tradicional hamburgueria santista.

Santos Comic Expo 2019 é realizada pelos Guerreiros. Conta com patrocínio de Fanta, MiniCo, KNN Idiomas, Digital Comics, Magic Star Santos. Possui apoio institucional da Secretaria Municipal de Cultura. E apoio de Heo Design, Ibis Valongo, JBC Editora, Shake Burger, 4Net e Revista Preview.

Serviço
Santos Comic Expo 2019

05 e 06 de Outubro
Sábado: 11h às 20h
Domingo: 11h às 19h
Centro de Cultura Patrícia Galvão
Av. Senador Pinheiro Machado 48 – Vila Matias – Santos/SP
Entrada gratuita.

CURRÍCULO DOS DESTAQUES DA PROGRAMAÇÃO JÁ CONFIRMADOS

Marcio Seixas – Ingressou no rádio como locutor em Belo Horizonte no ano de 1967 trabalhando em ordem cronológica nas rádios: MINAS/ (Organizações Ramos de Carvalho) /ATALAIA/CULTURA/D’EL REY e TV VILA RICA Especializou-se na pesquisa/produção/apresentação de programas sobre compositores eruditos na rádio D’EL REY de BH. Mudou-se para o Rio de Janeiro em dezembro de 1973. Contratado pela RÁDIO JORNAL DO BRASIL FM em abril de 1974 como locutor apresentador de músicas clássicas e noticiários permanecendo na função até 1993 quando desligou-se da empresa para dedicar-se somente à dublagem e gravações comerciais.
Contratado como locutor anunciador pelo canal USA (GLOBOSAT) em maio de 1996 permanecendo nesta função até janeiro de 2003. Dublador dos Stúdios HERBERT RICHERS desde 1974. Narrador de desenhos da DISNEY de 1975 até 2006 quando por força de uma ação coletiva de dubladores que postulava direitos sobre a venda de dvds, se viu impedido de trabalhar desde então. Seus últimos trabalhos para os stúdios DISNEY foram: SENHOR INCRÍVEL e pai do personagem Bambi do desenho BAMBI DOIS. Voz da personagem BATMAN no desenho NOVO BATMAN. Voz da personagem BATMAN no seriado LIGA DA JUSTIÇA. Trabalhos mais conhecidos como dublador: JAMES BOND (George Lazemby, Sean Connery, Roger Moore e Timothy Dalton). Voz de CLINT EASTWOOD na maioria de seus filmes além da personagem “Dirty Harry”.  Voz de MORGAN FREEMAN na maioria dos seus filmes. Trabalho mais recente: “Antes de partir”. Voz de LESLIE NIELSEN (“Corra que a polícia vem aí!”). Voz de LEONARD NIMOY na personagem SPOCK (Jornada nas Estrelas). Voz de CHARLTON HESTON na maioria de seus filmes em especial nas
personagens “BEN HUR” / “EL CID” / “OS 10 MANDAMENTOS”. Voz de WILLIAM SHATNER nas séries JUSTIÇA SEM LIMITES (Boston Legal) e AS MERDAS QUE MEU PAI FALA (Shit my dad says).

 

Cesar Sandoval – Criador da Turma do Arrepio. É designer de animação, livros infantis e revistas em quadrinhos. Especializou-se na criação de personagens para quadrinhos e comerciais de TV.  Iniciou seus trabalhos como assistente de arte em animação em 1969 e, na editora Abril, na revista “Recreio”, como assistente de arte no início dos anos 70. Foi o chefe de arte mais jovem da editora. Após “Recreio”, onde trabalhou ao lado de Ruth Rocha, Renato Canini, Waldir Igayara de Souza e outras feras, foi cuidar do lançamento das revistas da Hanna Barbera, “Pantera-cor-de-rosa” e outros do grupo infantis. Voltando à área da animação depois de uma estadia na Europa onde trabalhou no grupo Vision na Inglaterra como free lancer, fundou a sua produtora de animação, a Sketch produções. Nesta produtora dirigiu centenas de comerciais animados como a Bocona da Claybon, Pacheco da Gillette, Dodói da Johnson e outros tantos.

Em 1987 criou para Renato Aragão os personagens de Os Trapalhões em sua versão infantil, que foi um sucesso de vendas de licenciamento da marca. A revista da Editora Abril, foi um foi um grande sucesso por vários anos. Em seguida entre produção de comerciais de TV lança “A Turma do Arrepio”, outro sucesso de licenciamento em quadrinhos e livros infantis que chegou à televisão em versão ao vivo em 1997 com programa diário criado e dirigido por ele.

Jefferson Costa (Destaque – Trabalhos como quadrinhista: GMSP “Jeremias- Pele” (com texto de Rafael Calça), “Arcane Sally & Mr. Steam”, “La Dansarina”, livro que ganhou Troféu HQMix de melhor Edição Especial de 2015 e melhor roteiro, adaptação de “A Tempestade” de Shakespeare, HQMix na categoria Adaptação para os Quadrinhos em 2013, “A Dama do Martinelli”, pela Editora Devir. ”Muzinga”,  “Quebra Queixo Technorama” I, II e III,, “Fim do Mundo em quadrinhos”, revista Front -16 (com a história Feliz aniversário, feliz obituário!), coletâneas Máquina Zero #1 e #2 e Gibi Quântico #1 (HQMix 2015 na categoria Melhor Publicação Mix) e #2.

Em produção, “Roseira, Engenho, Medalha e outras histórias”. Nos EUA, adaptação para HQ do livro “Kiss me Judas”, antologia “Gunned Down” (publicado no Brasil como Bang Bang, pela Devir), ambos publicados pela Editora Terra Major. Ainda nos EUA, pela Image, antologia de western “Outlaw territory 3”. Atua em diversas áreas: Ilustrador, storyboarder, desenhista de personagens e cenários em séries de animação e longa-metragem, “Historietas Assombradas (para Crianças Malcriadas)”, Cartoon Network, “As micro aventuras de Tito e Muda”, da Discovery Kids, em produção, e desenhista e animador nas series “Megaliga”, “Fudêncio”, “Infortúnio”, “Peruíbe Salva”, “The Jorges” e “Rockstarghost”, todos da MTV.

Mariana Cagnin – É formada em Artes Visuais pela Unesp e atua como ilustradora e quadrinista. Já ilustrou para diversos livros e revistas de editoras como Abril, Globo e Mol. É autora dos quadrinhos “Vidas Imperfeitas” e do premiado “Black Silence”. Atualmente publica a webcomic “Bittersweet” em suas redes sociais. Produz conteúdo de arte para seu canal do youtube, como dicas, tutoriais, processos de pintura, e também ministra cursos online e presenciais para artistas aspirantes na esperança de poder inspirá-los. 

Cristina Eiko – nasceu em São Paulo-SP e formou-se em Design Digital. Trabalhou com webdesign e, fã de animação, entrou nesse mundo como assistente em “Asterix e os Vikings”, passando pelo “Segredo de Kells” e “Uma História de Amor e Fúria”. Viciada em quadrinhos, na infância participou de um fanzine com amigos, fez tirinhas de dor-de-cotovelo na juventude e hoje em dia desenha o “Quadrinhos A2” com Paulo Crumbim, além de ter participado de “Penadinho – Vida”, das Graphics MSP, e “Culpa”, da coleção Ugritos, sua primeira HQ solo, lançada em 2017.

Paulo Crumbim – Nasceu em Santos-SP e formou-se em Publicidade. Passados alguns anos, migrou para animação, onde participou de comerciais, séries de TV e longas-metragens como “Asterix e os Vikings” e “Uma História de Amor e Fúria”. Trabalhou também para a Folha de São Paulo como ilustrador e animador. Em paralelo, criou o “Quadrinhos A2” junto com a Eiko em 2010, que já conta com cinco volumes. Autor também de “Gnut”, história em quadrinhos online e impressa, onde cada criatura alienígena tem a sua própria língua, e participou das Graphics MSP com “Penadinho – Vida”, em parceria com Cristina Eiko.

Rafael Calça – É roteirista e ilustrador de São Paulo. Escrevendo, já participou das coletâneas “Front #16” (2005, Via Lettera), “Tecnorama Quebra-Queixo Vol.3 “(2010, Devir), e lançou os álbuns “Jockey” (2015, Veneta), “Crônicas da Terra da Garoa” (2016, Sesi-SP) e a Graphic MSP “Jeremias – Pele”, com a arte de Jefferson Costa (2018, Panini). Ilustrando já fez storyboards para publicidade e colaborou com várias editoras para revistas e livros.

Wagner Willian – Nascido em 78, mora em São Paulo, capital, há quase 30 anos, onde atua em diversas áreas visuais e literárias. Em 2006 realizou sua primeira mostra individual. Em 2014, lançou seu primeiro livro de minicontos ilustrados “Lobisomem Sem Barba”, pela Balão Editorial (ganhador do Prêmio Jabuti de Ilustração para o segundo lugar). Em 2015, ganhou o Troféu Grampo de Ouro e Troféu HQMix de Novo Talento Roteirista com a HQ Bulldogma publicada pela Editora Veneta. 

Recebeu quatro indicações ao Troféu HQMix com a obra “O Maestro, o Cuco e a Lenda”. Encabeçou a carta aberta aos quadrinistas sobre a inclusão da categoria quadrinhos no Prêmio Jabuti, ao lado do Ramon Vitral e Érico Assis. Participou dos documentários “Traço-livre: o quadrinho independente do Brasil”, “Transando com Laerte”, “HQuem: a arte de desenhar histórias” (em produção). 
Foi contemplado pelo Proac 2017 com a obra “O Maestro, o Cuco e a Lenda” e contemplado em 2019 pelo novo edital da prefeitura de São Paulo com a obra “Silvestre”.

Fefê Torquato –  É uma quadrinista catarinense que começou a desenhar ainda criança e nunca parou. Iniciou a carreira como ilustradora em 2011 e, no mesmo ano, nasceram suas primeiros quadrinhos e personagens. Sua primeira graphic novel, “Gata Garota -Vol. 1”, foi publicada pela Editora Nemo em 2015 e em seguida publicou de forma independente o quadrinho “Estranhos”.
Depois de dois anos se dedicando exclusivamente à ilustração e ao estudo de aquarela e técnica tradicionais, ela retorna aos quadrinhos com “Tina – Respeito”.

Nelson Sato: Ele é o responsável pela vinda do tokusatsu (série de ação) Cybercop ao Brasil, no começo da década de 1990. Por intermédio de sua empresa, trabalhou com séries como Ultraman, Topo Gigio, Tama e Seus Amigos, Samurai Warriors e Super Human Samurai no mercado brasileiro. Também lançou os DVDs de National Kid e foi o narrador do Cybercop.
Em 2006 introduziu o anime japonês Lets & Go à rede de televisão SBT, e no ano seguinte Naruto na Cartoon Network. Atua no mercado de licenciamentos, lançando diversos produtos destas séries, como Dr. Hollywood e Ryukendo. Entre 2014 e 2015 começou a licenciar os animes (desenhos animados) e os tokusatsus (filmes de ação e séries de ação) na Netflix e o anime (desenho animado) japonês Hello Kitty no Boomerang. A Sato Company anunciou a produção do live action do Jaspion no Brasil.

HISTÓRICO DA SANTOS COMIC EXPO

A 1ª SANTOS COMIC EXPO: (anteriormente denominada SANTOS COMIC CON) ocorreu no dia 07 de dezembro de 2013 no espaço da Estação Cidadania na Avenida Ana Costa nº 340. Iniciou com um público de 1200 pessoas, somente com divulgação de internet, com menos de uma dezena de artistas convidados e com diversas palestras, entre elas, a da comemoração do aniversário da Gibiteca Municipal de Santos.

SANTOS COMIC EXPO 2014: a primeira a ser realizada no saguão do Teatro Municipal, trouxe a espinha dorsal do evento com área para desenhistas e roteiristas, com 40 artistas de quadrinhos, além de espaço para exposição no MISS de artistas de todo Brasil, de uma pequena exposição e aula com alunos do curso de mangá da Prefeitura de Santos, atraindo um público estimado de 3 mil pessoas.


SANTOS COMIC EXPO 2015
: apresentou como inovação uma exposição de arte chamada IMERSÃO, do artista plástico e quadrinista Renato Guedes, utilizando o espaço do foyer, permanecendo em exibição semanas após o evento a pedido da Secult, sendo uma das recordistas de visitações no espaço cultural. Contou, também, com a presença de Cristiano Zanetta, conhecido como o Batman do Brasil, que realiza um trabalho social junto a crianças com câncer, visitando hospitais fantasiados do personagem da ficção. No dia anterior ao evento houve uma visita às crianças internadas no hospital Santa Casa. O evento manteve suas características, ainda gratuito, com quadrinistas expondo seus quadrinhos, dando palestras, oficinas etc, num total de 90 profissionais convidados. Atingiu o público comprovado de 4200 pessoas no dia.

SANTOS COMIC EXPO 2016: manteve o mesmo espírito das anteriores, com mais de 80 convidados, além do maior quadrinista brasileiro da atualidade, Vitor Cafaggi, que veio de Belo Horizonte/MG. Como em suas edições anteriores, o evento reuniu famílias inteiras no térreo do Centro Cultural e, com isso, estimou crianças a ter o hábito da leitura através das histórias em quadrinhos. Nesta edição a SCE entrou no calendário oficial de eventos da cidade.


SANTOS COMIC EXPO 2017
: a edição de 2017 teve mais de 80 convidados, além de contar novamente com maior quadrinista brasileiro da atualidade, Vitor Cafaggi, que veio de Belo Horizonte/MG. Pela primeira vez ocorreu em dois dias, 14 e 15 de Outubro e com isso, teve seu público dobrado.


SANTOS COMIC EXPO 2018: 
em um consenso da organização foi decidido não realizar o evento no ano de 2018 a fim de fazer um planejamento maior para a edição de 2019, visto que o crescimento do evento chegou ao ponto máximo.

DESENVOLVIDO POR